sexta-feira, 6 de abril de 2012

Chegou a hora

04/04/2012, II
É.. chegou a hora de ir para o aeroporto!
Essa semana passou voando, tenho a impressão de que pisquei os olhos na terça passada e só abri hj, mas estou em paz sei que fiz tudo que queria e estava ao meu alcance.
A mãe das gurias veio de Porto Novo só para me levar... Fiquei com vergonha de atrapalhar, mas ao mesmo tempo feliz por não ter que ir de moto com essas malas, na verdade nem sei se isso seria possível.
Antes de sairmos a mãe das gurias ficou apavora com o peso e tamanho da minha bagagem, e eu tenho que concordar, REALMENTE estou carregando muita coisa. A mala grande tem basicamente presentes e coisas que comprei... Tem MUITA coisa e está um chumbo.
Ela foi todo caminho falando que ia ter excesso de peso e eu teria que deixar minhas coisas aqui. Na primeira vez eu respondi que daria um jeito, na segunda repeti, a partir da terceira fiquei muda e meu pensamento foi parar no mundo de Bob, ou no mundo de Paulinha.
Comecei a olhar para rua, para as gurias e para dentro de mim e quando vi estava aos prantos. Cheguei no aeroporto secando as lágrimas e quando olhei para o lado vi que não estava sozinha.. Minhas irmãs africanas tinham os olhos iguais aos meus.
É chegou o dia da partida, é difícil dar tchau, ou como prefiro pensar, até logo.
Eu e as gurias fizemos muitas promessas para o futuro, sei que um dia nos veremos novamente e que nunca esqueceremos de tudo que passamos juntas, mas também sei que jamais será a mesma coisa, talvez nunca mais passemos tanto tempo juntas.
Mas quem sabe do futuro, né?! Talvez elas se mudem para Pelotas... Eu ia amar!

Quando fui fazer o check-in começaram os problemas..
No balcão da Air France diziam que eu só poderia carregar 23 kg em cada mala e eu dizia que não, que podia carregar 32kg. Até eu mostrar o papel do eticket foi uma luta, a má vontade estava imperando por aqui, a atendente queria que eu pagasse uma MULTINHA de 200 euros pelo excesso de peso. Capaz que eu ia pagar...
Ok.. A supervisora se convenceu de que eu podia levar duas malas de 32kg cada.
Hora de pesar.. 
Primeira mala: 29kg (fiquei toda faceira)
Segunda mala: 40kg... acabou cmg! HAUHAUHAUHAUAH
Pude jurar que ela fez uma cara de satisfação em me dizer que eu teria que deixar algumas coisas. Deixar os presentes? Capaz mesmo...
Me sentei no chão, abri as malas e comecei uma revolução..
Transferi 3kg da segunda mala para primeira, mas mesmo assim ainda tinha 5 de excedente. Qual foi a minha solução? Coloquei 5kg na mochila e estou levando junto com meu computador nas costas.. Nossa esta mto pesado, mas azar.. auhauhauh
Olhem que bonito


Fiquei orgulhosa do meu desempenho!


Deixar os presentes que comprei com tanto carinho.. que desaforo, essa gente não me conhece mesmo! Hauahuahuah Mas aqui é assim, se tu não gritas passam por cima de ti..
Minha comitiva..

Minhas amadas!


O clima ficou um pouco mais descontraído depois de toda luta com o peso das malas, mas mesmo assim, na hora de dar até logo foi difícil.  Repetimos as milhares de juras e agradecimentos que já havíamos feito em casa, nos demos muitos beijos e é.. chegou a hora!
Entrei para sala de embarque olhando para trás e novamente secando as lágrimas.
Nunca quero esquecer de tudo que aprendi aqui e das pessoas que conheci.
Tenho algumas recordações mais doces e outras mais salgadas, mas sem duvidas todas elas  contribuíram para o meu crescimento.
Vou em paz..
Beijos!

2 comentários:

  1. Então, lindona, tô aqui também secando as lágrimas, meio escondida atrás do monitor, para meus colegas não ficarem me olhando e achando que estou triste. Que nada!! Estou só - e muito -orgulhosa de ti, querida. Tinha certeza de que o dia da partida seria exatamente assim: sabia que sairias em paz, certa de que cumpriste teu papel, realizaste teus sonhos e construiste laços fortes. E o melhor: com certeza não és mais a mesma!! Todas tuas vivências estão impressas no teu coração, na tua bagagem interior, que não dá para colocar na balança... Tô muito feliz por ti! Beijos, meu amor!!

    ResponderExcluir
  2. Impossível conter as lágrimas... te amo filha... segue o teu caminho em paz... se Deus quiser ainda as traremos por aqui para aquele gostoso verão no Chuí...bjbjbj

    ResponderExcluir