quinta-feira, 1 de março de 2012

Voltando a Ladji...

29/02/2012, Cotonou – Benin
Gente, não imaginava que esse blog teria tantos acessos como vem tendo.
Já passamos das 2800 visitas e os Olhares de Paulinha já foram parar nos Estados Unidos, Benin, França, Índia, Rússia, Ucrânia, Alemanha e Coréia do Sul.
Fico super feliz e ao mesmo tempo muito surpresa de saber que tanta gente gosta de ler minhas histórias.

Bom, mas vamos ao dia de hoje então.. 

Hoje acordei incomodada e pensando que estava me perdendo um pouco dos meus objetivos. Isso me fez lembrar que nunca fui muito boa em seguir normas, e que essa regra de não poder trabalhar em Ladji não deveria ser seguida, afinal não passava de um problema burocrático.
O coordenador de lá me aceitou e eu quero trabalhar com aquelas crianças, então nada mais justo que eu trabalhe, certo?!
CERTO! Hora de quebrar algumas regrinhas então...
Liguei para o Fabrício (que é um Italiano que veio para Benin trabalhar com um programa de estatística no posto médico de Ladji) e pedi que ele me mandasse o endereço certinho por mensagem.
Ele mandou e assim que a mensagem chegou fui sozinha de ke ke no até lá! Tô bem metidinha, toda independente! auahuahuahau
Quando cheguei em Ladji foi muito legal!
O médico perguntou pq eu não havia voltado e eu expliquei a ele o problema burocrático. Ele perguntou se eu queria trabalhar com as crianças, eu respondi que sim, então ele disse que eu era bem vinda e sempre que quisesse poderia ir pra lá!
Gente fiquei tão feliz!
Agora meu projeto em Ladji é desvinculado da AIESEC eu vou trabalhar com as crianças da comunidade e não mais com as da escola. Na terça feira vamos sentar e traçar as metas do trabalho. Acho que vai ser bem legal!

Depois de falar, falar e falar foi hora de fazer o que eu mais gosto...
TRABALHAR!!
Finalmente pude pegar na mochila as máscaras que estavam guardadas a tempos...








E confirmando minhas expectativas, foi maravilhoso!
É lindo ver como essas crianças são felizes com o que tem. Esses pequenos são uma lição para muita gente grande que vive reclamando da vida.




Cada olhar e cada sorriso que recebo reafirmam minha certeza de que realmente deveria ter vindo para Benin.
Aqui tenho encontrado muitas dificuldades, mas junto com elas, muitas certezas sobre a vida, sobre as pessoas, sobre o amor e sobre o que quero para mim. 

Sai de Ladji com o sorriso nas orelhas e cheia de idéias!

Boa noite meus amores!

E tenho saudades maiores do que o oceano que nos separa.

9 comentários:

  1. Meu amor, que lindo!!! Pra variar a emoção tomou conta do meu ser...
    Essa é a Póla de sempre! Não aceitar facilmente uma regra que só prejudica... Ir resolver suas questões e inquietudes... tá aí pessoa determinada!
    Estou MUITO FELIZ que tenha dado certo, por ti e por eles. PARABÉNS!
    É isso aí carnaval fora de época!!!
    Ah, faltou dizer que Ladji jamais será a mesma, uma nova geração estará se "transformando" nesses próximos meses!
    Beijo com todo meu amor. Tia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desde pequena meio petulante né Tia, "Tu não me mandas, tu não és minha mãe!", aqui não seria muito diferente, né?!
      Eu estou muito feliz que deu tudo certo!
      Tô contando os dias para voltar lá e mostrar novidades!
      E eu não podia perder totalmente o carnaval né, afinal só ano que vem agora! huahuahuah
      Sabe, as vezes fico pensando que essas crianças estão me ensinando muito mais do que eu a elas.. Se Ladji não será mais a mesma eu não sei, mas que eu já não sou a mesma desde que cheguei aqui isso eu tenho certeza!
      TE AMO MTO!

      Excluir
  2. Oi, meu amor!! Cheguei há pouco do União. A palestra girou em torno da nossa fé, construída dia após dia, e sobre o tanto que ganhamos quando agimos com amor. Não há ninguém mais beneficiado do que nós mesmos, quando somos caridosos. Imagino o tanto que saiste feliz de Ladji. Aliás, que coisa linda aquele bebê gordinho no teu colo. Fico imensamente feliz de saber que conseguiste voltar, para deixar tua marca. Te amo. Te admiro. Bons sonhos, meu amor!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mima!
      Eu sai realmente muito feliz de Ladji, parecia que meu coração ia sair pela boca...
      Quando subi na moto para voltar pra cidade minha cabeça girava tanto em pensamentos que tive medo de perder o equilibrio! hauahuah
      Aquele bebê é lindo né?! Coisa mais querida do mundo!
      E sabia que ele tinha uma espécie de amuleto na cintura, eu não consegui perguntar, mas parecia ser o umbigo.. Acho que deve ser pra proteção, não sei.
      E eu que te admiro muito! Quando "crescer" quero ser que nem tu!
      Te amo, beijos!

      Excluir
  3. É isso aí Paulinha, se as regras não te ajudam, nada melhor que mudá-las!!!...rsrsrs...Tenho certeza de que teu coração não se enganou e que aí nessa comunidade é o teu lugar por estes meses. Saudades1 Beijooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É isso aí..
      Nesses 5 anos de faculdade só aprimorei minhas técnicas de mudar ou burlar regras! ahauhauhauah
      Saudades Gordo!

      Quando voltar quero um almoço daqueles que só tu sabes fazer!! uhuuuuuuul! ahuahuah

      Excluir
  4. Filha... teu blog está cheio de vida... e acho que é isso que faz com que as pessoas tenham o interesse em acessá-lo todos os dias...
    Crescer dentro do Autonomia do Ser... te ensinou a lutar pela igualdade humana... te fez refletir desde muito pequena sobre o que era certo ou errado... ou o que era regra ou apenas padrão social... isso te fez crescer em tudo que não se vê à olho nu...
    Burlar regras que venham à acrescentar... somar... e que sejam honestas e contribuam ao outro e não só à nós mesmos... só traz ganho... ganhamos nós... ganham eles...
    Que bom... fosse em frente... e o resultado não tem preço não é mesmo?
    Quem acarinha se alimenta do sorriso alheio... e que coisa boa poder ser feliz com as coisas mais simples da vida... isso não tem preço... e talvez muita gente não entenda isso...
    Filha... não sei se é menino ou menina... aquela criancinha da primeira foto de laranja sentadinha no chão... que coisa mais lindinha!!!! Como parece estar vidrada em ti...
    O bebezinho... todos juntos de máscaras... quanta vida... a guriazinha dos tic-tacs coloridos...
    Bom trabalho filha e que Deus te proteja todos os dias ou noites... estaremos aqui na torcida por ti e por teus sonhos e na grande espera por teu retorno... t amo... mto...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Crescer dentro do CEAS foi uma das melhores coisas, né mãe?! Afinal sempre estivemos juntas e buscando a igualdade e o respeito! Olhando para traz, não escolheria ter tido uma vida diferente. =D
      ACHO que a criança de laranja é um menino, não tenho bem certeza.. Mas é a coisa mais bonitinha, né?!
      Te amo veia e sei que estas na torcida!
      Apesar da distância te levo todos os dias cmg!

      Excluir
  5. Hoje me deu vontade de reler tuas histórias incríveis.. As histórias de uma mulher maravilhosa que abre as páginas do livro da sua para o que mais ama. :-) Vou me divertir lendo aqui o que eu ainda não li.

    Endi

    ResponderExcluir