quinta-feira, 15 de março de 2012

Mais um dia de trabalho!

13/03/2012, Cotonou – Benin
Hoje acordei com uma baita dor de cabeça..
Não sei ao certo se ela é resultado da dor nas costas ou da falta de uma boa noite de sono, pois TODOS os dias acordo muitas vezes de madrugada e umas 6:30 começa uma cantoria mto alta na minha janela. É uma coisa tipo um choro, uma lamuria, sei lá... na primeira semana nem dei bola, mas agora.. Olha, se praga de brasileira pega, esse cantor ta ferrado.. hauhauhauauh
Mas enfim, nada que um remedinho e um pensamento positivo não resolvam.
Depois de praguejar um pouco, tomar um remédio e tentar voltar a dormir sem sucesso, resolvi levantar pois tinha uma longa caminhada até ENEAN para pegar um ke ke no e ir para Ladji.
Quando fui sair de casa peguei meus tênis para colocar e pensei “Não vai rolar ir de tênis para Ladji, lá é tudo dentro da água, vou ficar com os pés encharcados”. Então acabei escolhendo uma sandália rasteirinha. Nossa que péssima escolha, me arrependi disso pelo resto do dia, pois depois de caminhar 1:30 ganhei 4 bolhas de presente.
Affffz.. mas vamos lá, pensamento positivo.
Quando cheguei em Ladji, foi tudo bem legal como sempre. Lá todos me tratam muito bem.
Essas são as crianças que moram na beirinha do rio, sempre que vou até lá eles vem pra minha volta. Acho essa menininha de laranja linda..

Nos últimos dias o psicólogo que sempre me acompanhava está ocupado com a equipe de estudantes franceses. Então cada dia vai uma pessoa diferente comigo, hoje foi a mulher do médico, o nome dela é Ingrid.
No caminho para escola vi essa mulher na janela de casa e me lembrei direto da boneca que minha mãe tem na sala. Vai dizer que não parece tua boneca mãe?  huhauhauhau   


Hoje a escola estava em obras, estão refazendo o telhado. Nossa que bagunça, era criança pra tudo que é lado, no meio de prego, martelo, serrote... meio perigoso tb.
Como as duas turmas menores estavam misturadas, resolvi trabalhar com os alunos maiores que tem entre 11 e 14 anos.
Eles estão bem naquela idade de ter vergonha de tudo e isso me fez pensar que não iam gostar da idéia do dedoche, mas me enganei. Mesmo sendo maiores eles adoraram, a única diferença é que os sorrisos eram mais tímidos



Essa menina é uma das maiores da turma, ela que pediu que eu tirasse uma foto dela. Quando fui tirar a foto ela ficou com vergonha e baixou a cabeça, o professor viu isso e veio correndo da outra “sala” para dar um xingão nela. Eu disse para ele que não tinha problema, que isso era normal, mas sei lá.. a mentalidade aqui é outra. Criança, aluno não tem querer é obedecer e ponto final.
Trabalho sempre nervosa com medo que os professores venham bater nos alunos por minha causa.. isso é bem ruim. 

Mas enfim, sigo naquele pensamento de fazer a minha parte...


Esse foi o dia de hoje!!
Boa noite, beijoooos!

Um comentário:

  1. Oi meu amor! Que saudade, dupla saudade! Da tua pessoa aqui conosco e das tuas notícias aqui no blog. Guria, corri tanto essa semana que não consegui entrar para ler como gosto, com calma. Agora a pouco chegamos de Canguçu, onde fomos tratar um concerto da orquestra e me grudei no computador para te "ver".
    Também estava com saudade desses sorrisos lindos! Eu fico olhando para as carinhas felizes contigo aí e me dá uma vontade de dar colo para esse pequeninhos.... um apertãozinho...aaaaaaaaaaaahhhhh!!!!

    Um super beijo sobrinha. Te cuida aí, te amo.
    Tia.

    Ah, e a idéia do livro, vai rolar?

    ResponderExcluir