segunda-feira, 5 de março de 2012

Crescendo com a diferença

 
Estou aqui em Benin a quase um mês, mas as vezes tenho a impressão de faz mais tempo.     
Estou aprendendo muito com a diferença e tenho certeza de que também estou ensinando nas mínimas coisas.
Por exemplo, aqui as pessoas não têm o costume de dar beijos umas nas outras, mas agora minhas “irmãs” me dão todos os dias beijos de bom dia e de boa noite.
É natural sabe..
É muito legal de ver que elas gostam do meu jeito e estão começando a agir da mesma forma.
Elas são muito queridas.. as vezes do nada se abraçam em mim e dizem que vão sentir muita saudade quando eu for embora, eu sei que elas falam de coração, e que também sentirei saudade delas.
Pois embora tenha toda diferença cultural somos igualmente gurias, cheias de sonhos, dúvidas, medos, certezas e expectativas. Estamos nos conhecendo, compartilhando nossas histórias e crescendo com isso.
Somos extremamente diferentes e no fundo muito iguais.


Africana ou brasileira, tanto faz.. nossos olhares jamais serão os mesmos!

8 comentários:

  1. Póla!
    São umas queridas essas minhas sobrinhas daí, héin?!
    Então, para não perder o nosso hábito dá um beijo nelas por mim, ok?!
    E sem dúvida a visão de mundo já não é a mesma para nenhuma de vocês.
    Beijocas, Alê

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tiiiia!
      Elas são mais do que queridas! Agradeço todos os dias por ter tido a sorte de conhecer pessoas tão maravilhosas quanto elas!
      Dou beijo nelas sim... pode deixar!
      Beijooooos

      Excluir
  2. Pailinha ainda não li, estou testando se cosigo publicar...beijos te amo...OBS.: Contando que minha assessora é a tua MÃE, não sei se vai dar certo...hahahahah

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Madriiiiiinha!
      Conseguisse, mas tb com a ajuda da minha mãe tinha que dar certo, né?! Ela está craque em postar aqui!!
      Te amo!!!
      Beijos

      Excluir
  3. Quem sabe as novas "filhas" nao vem passar um tempo por aqui???
    Bjs para as meninas e pra minha "menina" um super beijao

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Veia nem me fala...
      Falto todos os dias para elas que nossa casa no Brasil está de portas abertas, e sei que é verdade!
      Já estou sonhando com o dia em que vou trazer tu e a Duda aqui para que vcs conheçam tudo!
      Beijos TE AMO

      Excluir
  4. Então, amore!! Quem diz que para enxergar o mundo tem que ter nacionalidade definida?? Imagino o tanto que tuas "manas" vão sentir tua falta. Artesanatos, unhas coloridas, balão ao ar livre, comidinhas feitas na hora... Difícil conhecer alguém com tamanha sensibilidade, sabe? E não é "puxa-saquismo", apesar de eu ter me intitulado a presidente do fã-clube, lembra, né?? Brincadeirinha... A veia Nica tá aqui comigo. Sequestrei ela por uns dias, já que o Gil tá no Reponte. Ah, a vó lembra de te mandar um beijo mais do que especial pelo Dia Internacional da Mulher! Não temos dúvida de ainda vais fazer muita história por esta vida, guriazinha. Te amamos, te cuida! Boa noite!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai Micha já escrevi isso esses dias, mas é sério, quando leio teus comentários me sinto tão feliz. É quase como receber um colinho!
      Quantas palavras lindas.. fico com vergonha e contente ao mesmo tempo!
      Que bom que a veia Nica está aí ctg.. afinal ter a mãezinha do lado é sempre bom né?!
      Amo vcs!!
      Beijos

      Excluir