sexta-feira, 24 de fevereiro de 2012

Dia de turista

 22/02/2012, Cotonou- Benin
Hoje de manhã fui conversar no novo lugar que vou trabalhar. É uma escola britânica que foi fundada aqui para ensinar Inglês para as crianças.  
Os alunos vem de diferentes países da África, os pais os mandam para Benin para que aprendam outra língua, eles vem muito novos para cá e ficam bastante tempo, por uns 5 ou 6 anos.
Conversei muito com a diretora, foi bem legal, ela é uma querida!
Falei do trabalho da mãe no Brasil e ela disse que eu sou “uma menina especial” e que só poderia ser filha de “uma grande mulher”.. quando ela falou isso respondi em português, “Pior, minha mãe é demais mesmo!” Hauahuahuah 
Ela começou a rir, pois não entendeu nada!
Pelo que combinamos, vou trabalhar com as crianças menores que ainda não sabem inglês, e falam apenas espanhol. Acho que vai ser legal!
É bem diferente da escola de Ladji, mas tudo bem.. 

Depois que sai de lá, fui com o Michael (membro da AIESEC) em um centro cultural africano... Gente é demais!
Tem uma feira de artesanato gigante, dá vontade de comprar tudo, mas consegui me segurar, pois, sigo firme e forte no propósito de me conter nas compras.
Algumas peças..



Amei essas bonecas...

 

O que achas Duda? Levo uma pra Pelotas, ou não?

 Presépio Afro..

Obs.- Acho que esse Presépio combina bem mais com nossa história hein...

 E esse é um presentinho que ganhei do Michael.. ele me deu uma pulseira pois disse que eu tô sempre rindo e que fico muito feliz vendo as coisas. Adorei!



Bom.. quando saímos do Centro Cultural Africano meus amigos tinham aula e eu não tinha nada pra fazer, então resolvi ir na Embaixada do Brasil. Fui sozinha!

OBS.- Tenho andado sozinha direto... As meninas acham muito engraçado e ainda não chegaram a conclusão de como o ke ke no (moto taxi) me entende, mas tem dado certo! Huahuahua  Eu digo pra elas que me viro, elas ainda não entenderam bem o significado dessa expressão, e ficam preocupadas. Sempre pedem que eu mande mensagem quando chego nos lugares!

Lá na Embaixada não fiz grande coisa.. só preenchi uma ficha com uns dados e tal, nada de muito útil, mas mas mas...Quando saí de lá foi ótimo!
A Embaixada fica em uma área nobre da cidade e eu resolvi dar uma volta a pé para conhecer, nessa minha exploração acabei achando um café Frances! Acho que meus pedidos foram atendidos, tirei a barriga da miséria! Hauahuahuah



Acho que esse foi o melhor café que já tomei na minha vida..
Depois de comer saí dando risada pela rua, que felicidade! Delícia, delícia! 

Bom depois de comer e comer já era hora de vir pra casa, hoje as meninas prepararam uma comida típica para mim..


Hum... eu não lembro o nome, mas ela é feita com açúcar, farinha de mandioca, água e gelo.
Afffz.. é muito difícil me acostumar com os gostos daqui..
Eu acabei comendo só duas colheres pois estava cheia! Raspar o pote fica pro outro dia! Ahauhauha

 Boa noite meus amores!

Um comentário:

  1. Isso aí, Póla, segue desbravando tudo (com cuidado) por aí. Sempre fosse uma metidinha a independente, né, mesmo quando eras um toco de gente. Lembras? Aí, então, não seria diferente! Deve ter sido bem difícil se conter no Centro Cultural. Afinal, artesanato é tudo!! Boa sorte no trabalho na nova escola. Por certo, as crianças também vão te adorar. Quem se atreveria a sentir o contrário, com esse sorrisão fofo estampado nesse rostinho lindo? Dá-lhe amada!! Beijo, boa noite!

    ResponderExcluir